Q

Previsão do tempo

18° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 22° C
18° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 23° C
18° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 24° C

Clube Soroptimista das Caldas promove estatuto da mulher

15 de Outubro, 2008
Completou um ano de existência, no dia 22 de Setembro, o Clube Soroptimista International das Caldas da Rainha. É composto por 23 mulheres profissionalmente activas e visa promover a solidariedade e bem-estar. Este clube caldense é o sétimo criado no país e para dele fazerem parte os elementos têm de ter uma profissão activa e […]
Clube Soroptimista das Caldas promove estatuto da mulher

Completou um ano de existência, no dia 22 de Setembro, o Clube Soroptimista International das Caldas da Rainha. É composto por 23 mulheres profissionalmente activas e visa promover a solidariedade e bem-estar. Este clube caldense é o sétimo criado no país e para dele fazerem parte os elementos têm de ter uma profissão activa e serem convidadas a fazer parte do Clube. “A ideia é que haja um leque grande de profissões porque se nós vamos trocar experiências e criar sinergias, interessa que os seus membros tenham actividades diversificadas para que haja uma troca de ideias, que interessa para promover a mulher”, disse Helena Monteiro de Castro, presidente do clube. As reuniões decorrem uma vez por mês e normalmente é realizada uma palestra ou exibido um filme sobre temas actuais. Para os próximos dois anos a Federação Europeia dos Clubes Soroptimistas tem como linha de orientação o tema da “água”. Para a presidente, é mais difícil organizar um clube de mulheres do que uma associação de homens. “As mulheres consideram que este tipo de actividades não é uma prioridade enquanto que os homens se têm um jogo de futebol com os amigos à noite vão, independentemente de terem algo para fazer As mulheres quando têm actividades que não sejam as rotineiras da casa ou da profissão, sentem-se um pouco culpabilizadas e acabam por colocar de parte e é mais difícil aderirem”, apontou. No dia 22 de Setembro, no Café Mazagran, nas Caldas da Rainha, o clube assinalou o seu primeiro aniversário com um encontro entre os seus elementos e uma palestra proferida pela presidente da Associação PATO, sobre o Paul de Tornada. Neste dia foi também lançado um conjunto de azulejos feitos e oferecidos pelo mestre Ferreira da Silva em colaboração com a Molde, cujo lucro reverte para a implementação de um sistema de alerta para os utentes da Santa Casa da Misericórdia de Alfeizerão. “Concorremos ao plano de acção com um projecto que designámos “Alfeizerão 24”, referiu Helena Monteiro de Castro. “Mesmo com o apoio domiciliário, existe um número grande de horas em que os idosos estão sozinhos, sobretudo se não tiverem família por perto. O que nós pretendemos é implementar um sistema de vigilância que é feita via telefone, em que o idoso tem sempre consigo uma espécie de relógio que ao ser accionado sempre que ele necessita é dado sinal num centro de apoio, que depois dirigirá a informação a um familiar ou a uma entidade de socorro conforme as necessidades do idoso”, explicou a presidente. É um projecto que vai começar em meados de Outubro, com fundos vindos da Federação Europeia do movimento soroptimista e com dinheiro da venda dos azulejos que o clube está a comercializar no seu círculo. A proposta do Clube Soroptimista International das Caldas da Rainha ao galardão internacional de “Criatividade Para Mulheres em Meio Rural” instituído pela Women’s World Summit Foundation, voltou a ser premiada, pelo segundo ano consecutivo. Este prémio é atribuído desde 1996, a mulheres rurais, de todo o mundo, que tenham desenvolvido um projecto auto-sustentável utilizando a sua criatividade para alterar significativamente a sua vida e do meio em que se inserem. Depois do grupo de artesãs “As Capuchinhas” de Montemuro (Castro d’Aire), foram premiadas as rendeiras do Pico (Açores). O Soroptimist International é uma Organização não Governamental, com estatuto consultivo nas Nações Unidas e representação no Conselho da Europa. Actualmente, é a mais antiga e a maior organização mundial feminina de clubes de intervenção social (cerca de 3.000 clubes, em mais de 100 países, reunindo 100.000 mulheres). Esta organização é constituída por clubes que se juntam em Uniões e em Federações. A sua presença em Portugal é recente, tem cerca de doze anos, existindo já seis clubes reunidos em União. É uma organização exclusivamente feminina, de mulheres profissionais, que se juntam tendo como objectivos uma intervenção local, nacional e internacional. Tem como valores fundamentais manter um elevado nível ético na vida profissional e na vida em geral, manter vivo o espírito de serviço e de compreensão humana, contribuir para a compreensão internacional e amizade universal, promover os Direitos Humanos e, principalmente, favorecer a promoção do estatuto da mulher (aliás, o termo Soroptimist advém das palavras latinas “Soror (irmã) e “Óptima (melhor) – “O melhor para as Mulheres”). Marlene Sousa

Comentários
.

0 Comentários

Submit a Comment

Artigos Relacionados

BE questiona como Caldas se afirma como “Cidade das Artes e Criativa”

“Não se percebe como Caldas da Rainha se apresenta como ‘Cidade das Artes’ e ‘Cidade Criativa’. O que faz as Caldas para se afirmar nesse sentido?”. O comentário/interrogação de Carlos Ubaldo, candidato à Câmara pelo Bloco de Esquerda, lançou no passado domingo um debate sobre as artes com a participação de Rodrigo Silva, professor na ESAD.CR, e de artistas locais, Cláudio Sousa e Mónica Correia.

artes1

Desfile com novas tendências da moda do comércio caldense

“Inspira-te”, é como se designa a 4ª edição do desfile de moda Caldas Fashion, que irá decorrer no dia 16 de outubro, pelas 21h00, no grande auditório do Centro Cultural e Congressos de Caldas da Rainha (CCC).

inspira te 1 1

Detido por maus tratos e ameaças de morte à companheira

Durante a relação de  26 anos, um homem controlou a companheira, provocando-lhe medo e limitando a sua vida social e familiar. Infligiu-lhe maus tratos verbais, psicológicos, físicos e ameaças de morte com recurso a arma de fogo.