Login  Recuperar
Password
  20 de Abril de 2021
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Cadaval
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Médica aposentada expõe aguarelas

Vai estar patente ao público, na Biblioteca Municipal do Cadaval, de 9 a 29 de novembro, a exposição de aguarelas “Ao vivo e a cores”, da autoria de Beatriz Lamas Oliveira, artista residente na localidade da Vermelha. A mostra de pintura abre no dia 9, pelas 15h30.

06-11-2019 |

Beatriz Oliveira vai expor “Ao vivo e a cores” na Biblioteca do Cadaval
Beatriz Oliveira vai expor “Ao vivo e a cores” na Biblioteca do Cadaval
Beatriz Lamas Oliveira nasceu em Braga (Quinta do Anjo, Ferreiros), residindo, desde maio deste ano, no concelho do Cadaval, e é médica aposentada, na especialidade de saúde pública e medicina tropical.
A vida artística da autora compreende, além da ilustração, a escrita. Em 1999, publica o seu primeiro romance, “O Inseto Imperfeito”, pela Editora Gradiva.
Em 2013, ilustra o livro “A Lagartixa Casadoira”, da bióloga Luísa Chaves, pela editora "Escola do Mar" e sob patrocínio da Fidelidade Seguros.
É autora e ilustradora da coleção Vida Selvagem (“O Mocho Sábio”, “O Clube das Efes” e “A Raposa Sebastiana”), a qual inclui aguarelas originais. Estes seus três trabalhos, dirigidos a um público infantil dos oito aos doze anos, foram editados pela Editora Escrivaninha, também ela por si criada em 2014 e mantida até março de 2019.
A mostra que leva ao Cadaval reunirá cerca de 30 aguarelas e trata, segundo refere a pintora, “de aspetos paisagísticos, marinhas, barcos e pássaros. Não se pode dizer que haja um tema comum, mas há uma pesquisa dos efeitos da aguarelagem”. Inclui também retratos dos escritores Alves Redol, Eça de Queirós, Aquilino Ribeiro e José Régio.
A exposição poderá ser visitada de segunda a sexta, das 9h30 às 18h30 e ao sábado, das 10h30 às 17h00.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar