Login  Recuperar
Password
  Sexta, 25 de Julho de 2014
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Aberta da Lagoa fechada à segunda tentativa

29-04-2010 |

Aberta da Lagoa fechada à segunda tentativa
Aberta da Lagoa fechada à segunda tentativa
Aberta 1À segunda tentativa, a aberta, que estava a colocar em risco a margem norte da praia da Foz do Arelho, foi fechada com o auxílio de maquinaria pesada. Este processo aconteceu no passado dia 20, durante a tarde e numa altura em que a maré estava a virar entre a vazante e a enchente. Os trabalhos movimentaram ao longo de todo o dia várias máquinas, entre as quais três giratórias, quatro dumpers e duas máquinas de arrasto, envolvendo a colocação de pedras de grande volume e várias toneladas de areia. O fecho do canal já havia sido tentado um dia antes, mas uma máquina ficou em posição delicada e como tiveram de se centrar as operações na recuperação do dumper, e quando os trabalhos voltaram a desenvolver-se o mar não deixou. Assim, durante o passado dia 20, todos os esforços foram conseguidos, uma vez que no final do dia o canal de ligação da Lagoa de Óbidos ao mar da Foz do Arelho estava encerrado e com isso a erosão da praia está por agora parada. Curiosamente, no dia em que a aberta foi encerrada a autarquia das Caldas entregou a candidatura à Bandeira Azul. Esta intervenção decorre do reposicionamento para a zona central da aberta da Lagoa de Óbidos para se criarem condições para uma época balnear segura. A intervenção realizada através do INAG (Instituto da Água), com o apoio técnico do LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil), foi iniciada no dia 29 de Março, com a intervenção directa da Ministra do Ambiente e prevê a retirada de 60 mil metros cúbicos de areia, para permitir “deslocar a aberta da lagoa da sua posição actual, encostada à margem norte para a zona central da lagoa, mediante escavação do cordão dunar e execução de aterro de fecho da existente”, de acordo com a informação divulgada pelo Ministério do Ambiente. Apesar de desconhecer o plano de obra, que solicitou “há um mês”, o presidente da Junta da Foz do Arelho admitiu ser “um bom sintoma” que os técnicos tenham conseguido encerrar a embocadura que liga a Lagoa ao mar “antes da subida da maré, que retira a areia que vai sendo colocada”. “Se a água parar de correr nesta zona, a própria natureza se encarregará de repor a praia do mar”, acredita Fernando Horta, convicto de que até ao final da intervenção será possível aumentar o areal, que a força das marés e a deslocação da aberta para norte reduziram nos últimos meses. No dia em que a aberta foi encerrada, o JORNAL das CALDAS apurou que Fernando Costa, presidente da Câmara das Caldas, que se encontrava nos Estados Unidos, telefonou e conversou com o encarregado da obra, um engenheiro da empresa a quem foi adjudicada a empreitada e que lhe terá dito que a aberta voltará a abrir esta quarta-feira, já com a margem norte mais consolidada. Não conseguimos apurar como vai ficar o areal da praia da Foz do Arelho nem se as pedras e os sacos com areia que foram usados para proteger o emissário vão ficar cobertos de areia, uma vez que ninguém prestou declarações.   Carlos Barroso
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar