Login  Recuperar
Password
  18 de Setembro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Foz do Arelho

22-07-2009 |

Foz do Arelho
Foz do Arelho
Avenida só perde 200 metros primeira10.jpg"Só 200 metros da Avenida do Mar é que vão ficar sem trânsito, não é a avenida toda". O esclarecimento é prestado pelo vereador Tinta Ferreira e ameniza a polémica em volta das obras na Foz do Arelho, que vão ligar a Avenida do Mar ao cais e zona do antigo parque de campismo, com deslocalização dos bares e restaurantes. O projecto deriva da necessidade de adequação à legislação do Plano de Ordenamento da Orla Costeira, segundo o qual os actuais estabelecimentos estão à margem da lei, tendo de ser demolidos e construídos com novas regras. A informação inicial prestada à imprensa foi de que cerca de 600 metros iriam ficar sem trânsito, o que era mais de metade da avenida, medida contestada pelos proprietários dos estabelecimentos, para quem se as pessoas tiverem que deixar os carros a tal distância, irá haver um grande decréscimo de clientela. O vereador Tinta Ferreira admite que os 600 metros estariam num projecto inicial, mas o que foi aprovado foi que "cerca de 380 metros vão continuar a ter o mesmo uso e somente 200 metros não vão ficar com trânsito". "A rotunda que actualmente existe vai avançar para a zona onde está o Ondas Bar e ficará nessa posição igual à que temos neste momento", relatou. De acordo com o autarca, a avenida "vai continuar a ter estacionamento e circulação até essa zona. Não vai haver toda a avenida pedonal e por isso todos os problemas que têm sido levantados não são tão dramáticos quanto isso". O vereador realça até que surgirá uma avenida maior, tendo em conta o prolongamento para o lado da Lagoa. "A ideia é que deixe de existir uma Foz de cima e uma Foz de baixo", reforçou. Na zona do cais serão criados lugares de estacionamento, para compensar os que serão eliminados na Avenida do Mar. No âmbito deste projecto está prevista uma intervenção de 4,8 milhões de euros para a requalificação das zonas do cais e da Avenida do Mar. Na zona do cais perspectiva-se a criação, em parceria com a Universidade Católica (pólo das Caldas da Rainha), de um centro de investigação e desenvolvimento na área dos bivalves, de uma área onde os pescadores e mariscadores poderão vender os seus produtos e espaço equipado para que os mesmos possam ser cozinhados e servidos ao público. Francisco Gomes
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar