Login  Recuperar
Password
  Quarta, 23 de Julho de 2014
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Manuel Nobre defende novo hospital nas Caldas

18-02-2009 |

Manuel Nobre defende novo hospital nas Caldas
Manuel Nobre defende novo hospital nas Caldas
Manuel Nobre, presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Oeste Norte (CHON), defende a construção de um novo Hospital nas Caldas da Rainha, numa altura em que está a organizar as três instituições que compõem esta nova organização da saúde, pertencentes a Caldas, Peniche e Alcobaça. "Nós deveremos ter a curto prazo uma definição sobre o novo hospital. Eu sou favorável ao novo hospital e vou lutar para que isso aconteça. Sou adepto de uma nova instituição, porque o Oeste Norte precisa. Espero que este passo na criação do CHON culmine na construção do edifício, porque há um compromisso do Governo e das autarquias. Espero que não demore muito tempo para bem da população. Estes três hospitais têm grandes limitações e entre a segunda fase de ampliação do Hospital das Caldas da Rainha e a construção de novo hospital que sirva as populações de Alcobaça, Nazaré, Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, eu sou adepto de um novo hospital", afirmou Manuel Nobre. O presidente do CHON confessou sentir-se "honrado pelo convite" que lhe foi dirigido, manifestando que aceitou "porque é um desafio que se tem uma vez na vida. Este é um desafio para fazer melhor, pela saúde das pessoas do Oeste Norte". O trabalho até agora tem sido muito mais administrativo. "Eu sou favorável à união das três instituições e ultrapassados os primeiros tempos de alguma dificuldade e de alguma pequena turbulência, estou convencido, que vamos conseguir a integração destes três hospitais de uma maneira correcta e com benefícios para a população", disse. "A criação do CHON tem de trazer benefícios em termos de saúde. É para isso que vamos trabalhar e aproveitar o que cada instituição tem de melhor e assim criar uma melhor unidade de saúde", reforçou. O que a população pode esperar dos três hospitais "é a criação de melhores serviços. Vamos fazer reorganizações, vamos conjugar esforços e criar mais-valias para a saúde. Queremos passar a mensagem que somos uma mais-valia para a saúde porque somos uma unidade muito maior e com mais responsabilidade porque temos mais população e temos mais valências. Vamos reforçar determinadas valências e vamos dar mais condições no atendimento dos doentes", apontou. Manuel Nobre revelou que está a estudar "o que é melhor para cada uma das populações. É seguro que os hospitais existentes não percam valências, pelo contrário, nós queremos que as unidades sirvam o interesse comum do cidadão. Vamos fazer ajustes, ouvir as pessoas e vamos trabalhar em prol do doente". Carlos Barroso
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar