Login  Recuperar
Password
  14 de Outubro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Manif junto à Praça de Touros

29-07-2010 |

Manif junto à Praça de Touros
Manif junto à Praça de Touros
Manif 1Cerca de meia centena de manifestantes concentrou-se de forma silenciosa junto à praça de touros das Caldas da Rainha em protesto contra a realização de uma tourada . “Queremos mostrar ao CDS-PP, e à Juventude Popular, que organizou esta vergonhosa tourada, que nós, a população das Caldas da Rainha e os votantes, estamos a ver esta pouca vergonha e na altura de votar vamos tomar as nossas decisões” disse Rita Silva, presidente da Associação Animal, organizadora da manifestação. À associação animal juntaram-se a associação Ecológica alternativa – Planeta Azul - e activistas do movimento cívico CREA - Caldas da Rainha pela ética animal. “Não é só grave o apoio de um partido político a um espectáculo tão degradante como é este como organização. Não se trata apenas de apoio. É o próprio partido organizar e isso é chocante. É a primeira vez que acontece e infelizmente está ligado ao CDS-PP”, disse. Rita Silva salientou ainda que “o partido deve manter-se à frente e moderno e não promovendo um espectáculo degradante como este”. O protesto conseguiu obter os resultados pretendidos segundo Rita Silva já que assegurou que foi “pacífico, silencioso e sobretudo visual”. A mensagem de que “o CDS tem as mãos manchadas de sangue” foi transmitida através de cinco jovens com as mãos pintadas de vermelho, estrategicamente localizados atrás de um pano preto com a palavra vergonha pintada a letras vermelhas. Cartazes e lonas ostentando frases contra a tourada e a tortura de animais levantados acima das cabeças dos restantes manifestantes completaram o protesto silencioso.   Carlos Barroso
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar