Login  Recuperar
Password
  20 de Abril de 2021
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Regional, Educação
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Desviado financiamento dos centros escolares de Alfeizerão e Turquel

15-07-2011 |

A Câmara Municipal de Alcobaça (CMA) decidiu "reprogramar" o  financiamento dos centros escolares de Alfeizerão e Turquel. Em causa está a necessidade de transferir os financiamentos  comunitários, anteriormente aprovados para essas duas vilas, para os  complexos educativos de Alcobaça e Benedita, cujas obras se encontram  na fase final. A medida permite, ainda, à Câmara de Alcobaça entregar cerca de 10  milhões de euros à empresa municipal "Cister Equipamentos, SA" e à  entidade bancária que está a financiar as construções e assim  assegurar uma "boa execução do QREN" para o município. Quanto aos valores exactos, o presidente da Câmara, Paulo Inácio, afirma que estes dependem dos critérios do Programa Operacional "Mais  Centro". A Câmara vai candidatar novamente os Centros Escolares de Alfeizerão e  Turquel ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). Contudo, a medida mereceu já a crítica da Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos do Agrupamento de Escolas de São Martinho do Porto (APESAM), que faz notar as “situações graves das escolas básicas do 1º. Ciclo da freguesia de Alfeizerão (EB1 Casal Pardo, EB1 Casal Velho e EB1 de Alfeizerão), principalmente com a EB1 de Alfeizerão que precisa de obras urgentes (pátio que quando chove parece um lago e as casas de banho muito degradadas)”. A APESAM reafirma a “emergência da construção do Centro Escolar de Alfeizerão, como forma de garantir as condições mínimas para uma aprendizagem de qualidade dos inúmeros alunos por ele abrangidos”.   Paulo Alexandre        
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar