Login  Recuperar
Password
  Segunda, 28 de Julho de 2014
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Economia, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Animação durante um ano marca 20º aniversário

“Centro Comercial D. Carlos I. Dois pisos, muitos sorrisos, desde 1993!”

Já se iniciou a animação que marca os 20 anos do Centro Comercial D. Carlos I, nas Caldas da Rainha. Para assinalar o seu vigésimo aniversário a 15 de maio de 2013, a administração do shopping decidiu levar a cabo diversas atividades, como exposições, ateliers, desfiles, concertos, entre outros eventos que vão decorrer durante um ano.

20-06-2012 | Marlene Sousa

O Centro Comercial D. Carlos I vai assinalar vigésimo aniversário
[+] Fotos
O Centro Comercial D. Carlos I vai assinalar vigésimo aniversário

“O objetivo é mostrar que estamos aqui”, sublinhou Catarina Saraiva, que há seis anos assumiu a administração do condomínio, e prometeu dinamizar o centro comercial. “O objetivo é acolher diversas ações que chamem os caldenses e visitantes ao espaço”, afirmou a responsável, acrescentando que “daí a decisão de dar início mais cedo às comemorações dos 20 anos do centro comercial, que só se assinalam em 2013”.

A exposição de móveis da empresa Brandão Ferreira foi já uma iniciativa que teve lugar neste shopping.

O Centro Comercial assinalou o dia da criança com a apresentação de uma escola de esgrima e muita animação para os mais pequenos. Vai ainda comemorar os Santos Populares com várias iniciativas.

Para o arranque das comemorações de duas décadas de história os lojistas decidiram criar uma nova imagem com um logótipo mais moderno e uma assinatura com a frase “Centro Comercial D. Carlos I. Dois pisos, muitos sorrisos, desde 1993!”.

“Tentámos criar uma imagem e uma frase diferente que identifique o espaço comercial”, explicou a responsável, acrescentando que “apesar do shopping estar muito bem situado no centro da cidade ainda há pessoas que não o conhecem e outras que não se apercebem que tem dois pisos”.

Segundo Catarina Saraiva, a ideia é divulgar o centro comercial que tem lojas muito atrativas e com uma diversificação na oferta. Roupa de bebé, vestuário feminino e masculino, artes gráficas, retrosaria, cabeleireiro, lingerie, cafés, galeria de arte, esteticista, tatuagens, velharias (arte), escola de línguas que acabou por adquirir um espaço no Centro fazer a secretaria, são só alguns exemplos da oferta deste espaço comercial.

Aberto desde 15 de maio de 1993, o shopping situado na Rua Dr. José Saudade e Silva tem seis lojas, que para o ano que vem também vão comemorar 20 anos de existência. São espaços comerciais que se têm mantido ao passar dos anos e que têm resistido aos tempos mais difíceis. As primeiras lojas que abriram portas no Centro Comercial D. Carlos I e que ainda estão a funcionar são Cabeleireiro Lufi, Café Cocktail, Café Camé, Stefanel (roupa de marca italiana), Aquijóias (ourivesaria) e Jeansseria.

O centro comercial com dois pisos possui uma área comercial com 2122m2. Edifício construído de raiz, com função comercial, possui 42 lojas e 29 estão alugadas e a funcionar. Doze estão fechadas à espera de novos ramos. Cientes dos tempos difíceis que se vivem, os proprietários das diversas lojas do centro que estão para alugar optaram por baixar os preços. “Temos a vantagem de ter rendas baixas a partir dos 150 euros”, declarou a administradora, que está a fazer tudo para captar mais novas aberturas para o shopping. “Queremos cativar alguns ramos que fazem falta aqui no centro, como um quiosque, loja de arranjos de malas ou uma sapataria de criança. Com a facilidade das rendas não serem muito caras acho que é uma boa oportunidade para quem queira iniciar o seu próprio negócio”, afirmou Catarina Saraiva. Com uma vasta experiência no comércio, Catarina Saraiva referiu que para abrir um espaço “é preciso ser persistente, porque o negócio não se faz de um dia para o outro”.

Apesar da crise, a responsável fez um balanço positivo do espaço comercial. “Eu estou como administradora do condomínio há seis anos mas os meus pais têm a ourivesaria praticamente desde a abertura do centro e só tenho coisas boas a dizer porque temos um ambiente familiar espetacular e acho que transmitimos essa boa imagem”, apontou Catarina Saraiva, que considera que é nestas alturas difíceis que “temos que ser criativos e diferentes para chamar mais pessoas ao centro”.

A administradora do condomínio está aberta a novas ideias para dinamizar o centro. Já falou com alguns artistas e artesãos para eventuais exposições e pretende fazer parcerias com outros estabelecimentos.

COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar